Rede Record e Brazilian News juntos: mais informação para a comunidade brasileira

Quem acompanha a programação da Rede Record já deve ter notado novidades na grade diária, pois desde que assumiu a diretoria do Reino Unido, Álvaro Peixoto e sua equipe não páram de buscar alternativas de informação, serviços e entretenimento para a comunidade local.

Uma revitalização no programa comercial “Record Shopping” foi apenas o primeiro passo. O encontro e parceria selados com um aperto de mãos entre Álvaro e o presidente do grupo Express Media Internacional, do qual o jornal Brazilian News faz parte, foi mais uma vitória. “Esta vitória é da comunidade brasileira que ganha mais informação, gratuita e de qualidade, através de nossa união”, admite o presidente Horácio Sterling.

O Brazilian News está no mercado há nove anos e continua sendo o único veículo semanal, distribuído gratuitamente em mais de 200 pontos na grande Londres. Agora, com a rede Record, mais brasileiros poderão ter acesso a uma das melhores publicações internacionais, pois o Brazilian News traz informações atuais, gratuitas e de qualidade toda quinta-feira para a comunidade brasileira e de língua Portuguesa.

Outras novidades, como o “Minuto Legal” que é uma parceria com a agência de intercâmbio e imigração LondonHelp4U também faz parte desta renovação da rede Record.

O Brazilian News conversou com o diretor da Record, Álvaro Peixoto, que contou detalhadamente seus planos e o que vem por aí.

Brazilian News: Você poderia explicar um pouco esse novo projeto da Rede Record?

Álvaro Peixoto: A rede Recorde tem um projeto de regionalização que visa trabalhar a Record buscando uma linguagem do público local. Estão nós estamos trabalhando para atender as pessoas que convivem e vivem aqui, não só no Reino Unido, mas também na Irlanda, Alemanha, Holanda e outros países, onde o sinal da Record também está sob a minha responsabilidade. Hoje, nós estamos na fase inicial da aplicação deste projeto. Um dos programas que já está indo ao ar é o “Record Shopping”, que tem um baixo custo de produção, e atende aos comerciantes que não tem recurso para investir em comercialização na tevê, que despende de uma verba que não é acessível a todos os empresários.

O mais novo programa que estreou em nossa programação há duas semanas é o “Página 1”, que é um boletim informativo diário que traz as notícias dos principais jornal de Londres. Entre estes jornais está o Brazilian News e o Express News, que nós fechamos esta aliança, pois ambos são excelentes tablóides! Os dois jornais se posicionaram muito bem dentro dos meios de comunicação local. O programa entra duas vezes ao dia na grade da Record, no intervalo do jornal “Hoje em Dia”, transmitido às 13h30, e no intervalo da novela, das 20 horas, “Poder Paralelo” e é apresentado pelo jornalista Marcelo Ribeiro. Na realidade o programa é uma tradução das primeiras páginas dos jornais, porque nós sentimos que uma das grandes dificuldades do nosso povo de língua Portuguesa é o idioma Inglês.

Acontece muito de as pessoas estarem vivendo aqui, mas não sabem o que está acontecendo a sua volta. Então, baseado numa pesquisa que a Record fez, nós identificamos que a maioria dos brasileiros, e também outros povos de língua Portuguesa, não falam Inglês corretamente ao ponto de poder se interessar por um jornal como o Metro, ou o The Sun, que são daqui e trazem informações locais de interesse de todos – independente de ser estrangeiro. Muitas vezes os brasileiros se restringem apenas a programação da Record e deixam passar notícias importantes como, por exemplo, que o primeiro-ministro Gordon Brown anunciou que vai haver outro aumento no imposto de renda. Algo que é de interesse de todos e deveríamos acompanhar também. Tirando esse dado da pesquisa, nós observamos essa carência e decidimos lançar o “Página 1”.

Qual a diferença da Rede Record para outras emissoras?

AP: A grande diferença entre a Rede Record e outras televisões brasileiras é que é a única que tem um sinal livre (free view). Nós, hoje, estamos na Sky, que é a maior operadora de tevê a cabo do Reino Unido e da Irlanda, no canal 801 com a TV Record, e, no canal 0206, com a Rádio Record. A Record compreende três grupos de mídia que são a televisão, a rádio e a revista. Além disso, o sinal da Record é livre, ou seja, com qualquer aparelho, Box, antena, as pessoas conseguem captar o canal em sua casa sem pagar nada por isso. Não é necessário pagar nenhuma assinatura, nenhuma mensalidade para ter a Record em sua casa. Qualquer pessoa, desde que tenha um receptor, pode ter o Brasil em sua casa com toda a programação: jornal, novela, entretenimento, tudo que a Record oferece de melhor lá também está aqui para o povo brasileiro assistir.

A programação internacional é a mesma do Brasil?

AP: Basicamente, sim, porém estamos expandindo. Desde que assumi a Record há três meses, nós já aperfeiçoamos o “Record Shopping”, estreamos o “Página 1” e em algumas semanas deve entrar no ar o programa “Economia e Negócios”, que é um programa de entrevista em que nós vamos estar conversando com os principais conquistadores. Eu falo isso, porque nós vamos pegar aquela pessoa que chegou aqui e mudou a sua história aqui, escreveu uma nova história no Reino Unido. Vamos mostrar aos brasileiros que vivem no exterior que, muitas vezes estão numa situação difícil, que é possível vencer. Existem pessoas que venceram!

Outro produto que nós estaremos lançando, no próximo mês, que é uma parceria que nós estamos fechando com a agência de intercâmbio e imigração LondonHelp4U, será o “Minuto Legal”. Nesse bloco de um minuto a diretora-executiva da LondonHelp4U, Francine Mendonça, vai responder dúvidas e abordar assuntos sobre imigração, novidades e dicas para os brasileiros. Então, como você pode notar, nós estamos trabalhando nesse sentido de fazer uma televisão mais regional. Para que os nossos conterrâneos – sem ter que pagar nada – tenham informações de seu país e informações do país no qual eles estão vivendo, inclusive assuntos de interesse da comunidade local.

É muito fácil retransmitir o sinal brasileiro aqui, mas assim nós não estaríamos atendendo a comunidade, fato que é de extrema importância e zelo da nossa diretoria. Por isso que o sinal da Record é gratuito, não cobramos como outras emissoras, nós trazemos a melhor produção brasileira para cá e, além disso, ainda estamos inserindo em nossa programação produtos para que possamos ajudar nossos conterrâneos em suas maiores necessidades que são imigração, informação e comercialização.

Esse foi o motivo de buscar a parceria com o Brazilian News?

AP: Justamente pela informação que o Brazilian News traz hoje, a capacidade do Brazilian News de ter essa informação semanalmente, atingindo o brasileiro e outros povos de língua Portuguesa também. O BN não é só um sucesso entre os brasileiros, mas entre os povos de língua Portuguesa em geral, pois traz informação daqui. Exatamente o que nós temos buscado e encontramos esse apoio no BN. Então, o motivo dessa aliança, é justamente isso: nós temos um meio de comunicação que é a tevê e o BN tem um sistema de informação muito perfeito, muito bem elaborado, bons profissionais trabalhando que vão nos capacitar para levar essa informação a ainda mais conterrâneos.

O BN completa todas as necessidades de informação dos brasileiros que moram no Reino Unido, o que outros veículos não conseguem fazer e isso chamou a atenção do Grupo Record. Pois vocês atendem e assistem a comunidade com uma informação confiável e atual. O projeto do ‘Páginas Brasileiras’ também vem ao encontro disso tudo, incorporando o que os jornais BN e Express News desenvolvem. Isso mostra que vocês estão preocupados com o nosso povo e essa preocupação tem sido a preocupação da rede Record também, e é o que tem nos levado a procurar essas parcerias.

9 responses to “Rede Record e Brazilian News juntos: mais informação para a comunidade brasileira

  1. oi meu nome e maicon
    tenho 19 anos
    e preciso de ajuda eu moro en londres a um ano
    ilegalmente.
    eu tenho uma irma ela e casada com um portugues a 5 anos, e ela ja tem direto o passaporte portugues. quando ela pega o passaporte europeu ela pode passa um visto pra? obrigado

  2. Ouvi dizer que a TV record aqui do Reino Unido procura pessoas que falem portugues, os proprios portugueses e até mesmos brasileiros. Gostaria de obter informações sobre este tema.

  3. resido em londres a 3 anos como estudante,sempre com a permissao,agora tenho tido problema pra renovar meu visto.mas ja vivi com minha namorada a 1 ano e pretende-mos casar em portugal e nesse momento estou sem visto por estar a espera de alguns documentos requerido pelo homeoffice.mas queria tratar da minha situacao de outra forma e soube atravez das vossas dicas na record tv que presentando a intencao de casar seria concedido um visto de 6 meses durante esse precesso de casamento,que tinha como finalidade efectuar o acto matrimonial durante esse periodo.como poderia fazer pra obter esse visto,tendo em conta que pretendo casar ja em janeiro.fico a espera das vossas dicas.obrigado

  4. Sou Teresa Semedo

    estou a que em londres um ano eu quero emtrar na faculdade mas preciso de uma orientação eu vejo o programa da econumia negocio com Alavaro peixoto todos os domingos eu sinto muito feliz porque eu acho que esse programa ajuda as pessoas enfrentar realidade que nada nesse mundo não é inpossivel que tudo é possivel, eu estou a trabalhar quero imvestir nos meus estudo mais eu preciso da vossa ajuda para me dar uma orientação eu conto com vocês.

  5. Gostaria de saber informacoes, sobre; Como devo proceder, pra legalizar meu casamento aqui na Inglaterrtou morando aqui ha’ tres meses com o visto de esposa, que tem direito a ficar, por dois anos e, so casada no brasil ha’ 15 anos como devo proceder para, pro meu casamento ficar legalizad aqui.

  6. oiii… bem me chamo adriana…
    queria mas informacoes de trabalhar para red record de televisao.. sou brasileira, tengo dupla nacionalidade, vivo en madrid a 2 anos, falo italiano e ingles basico.. poderia me ajudar com algo?
    um abraço

  7. sandra regenauer

    Ich sehe die Romane von Rekord Tageszeitungen haben einen Kanal Kabel Deutschland, die für sie jeden Monat bezahlt, aber jetzt habe ich entdeckt, dass nicht alle Netzwerk-Programme aufzeichnen, wie sie mit Canaria Spanien beigetreten sind, haben den Rekord, bis die 14 noa 0,00 Stunden oder mehr pro Nacht progamacao die häßlich wie schön Faso jetzt mein Mann und Deutsch und liebt alle Programme, die speziell den Slave Isaura und alle Nachrichten eine große Umarmung Ich hoffe, die Familie aufnehmen Antwort danke

  8. sou brasileira,casada com britanico a 31 anos,tenho passaporte britanico e brasileiro e nao sei com devo continuar??com os dois ou u quer??gostaria de informacao,ou favor posso ligar??

  9. José Cláudio Freire

    Olá! Boa tarde. Encontrei esse blog da Paula Medeiros por curiosidade e fiquei encantado com conteúdo do mesmo, pricipalmente , a entrevista com o Sr. Álvaro Peixoto sôbre a expansão da Rêde Record na Europa e ainda com sinal gratuito; Parabéns!
    Estive alguns dias em Londres, agosto/setembro/2010, e conheci uma empresa que oferece uma oportunidade fantástica de renda alternativa, cursos gratuitos, etc.; Gostaria de saber qual o procedimento, de preferência gratuito, para que eu possa divulgar para Comunidade brasileira, sem compromisso, algumas informações através do Brazilian News ou de algum outro tablóide ou mesmo através da Rêde Record.
    Atenciosamente,

    Cláudio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s