Marcha pede anistia para imigrantes irregulares

Ano passado marcha reuniu 20 mil pessoas

Ano passado marcha reuniu 20 mil pessoas

A edição 2009 da marcha em prol da regularização de milhares de imigrantes ilegais, que vivem e trabalham no Reino Unido – principalmente ibero-americanos –, está marcada para o feriado da próxima segunda-feira, 4, em Londres. Com uma expectativa de trinta mil participantes entre políticos, ativistas, estudantes e profissionais liberais, este será o terceiro evento promovido pela organização não-governamental ‘London Citizen’, sendo que outras 120 entidades também apóiam e auxiliam na organização da marcha.

Um dos diferenciais deste tipo de passeata é a participação em massa de igrejas e entidades religiosas, sendo que missas especiais são ministradas nas principais catedrais de Londres, como a de Westminster, sendo este um dos principais pontos de saída da marcha. No total serão sete pontos da cidade, de onde grupos de imigrantes seguirão em direção a Praça Trafalgar, localizada no centro de Londres. A maioria dos ibero-americanos deve sair do bairro latino de Elephante & Castle, ao sul da capital.

O futuro presidente da Assembléia de Londres, Darren Johnson, do Partido Verde, deve acompanhar a marcha com os ibero-americanos, pois prometeu discursar pouco antes do início da marcha no bairro latino. Desde 2007, que a campanha ‘Strange into Citizens’, da qual a marcha é resultado, ganhou força junto ao Partido Liberal-Democrata e, também, com o atual prefeito de Londres, Boris Johnson, visando o desenvolvimento d planos de regulamentação para estes imigrantes. Acredita-se que 450 mil devem conseguir asilo, caso o governo prossiga com o apoio a causa.

Defensores da regulamentação acreditam que após um período de quatro anos sendo ilegal, mais um período probatório de dois, considerando outros itens como fluência na Língua Inglesa, ficha criminal limpa, referências, devem ser aferidas na decisão de anistiar o indivíduo. O órgão governamental que cuida das fronteiras do país, denominado Home Office, admite que é impossível remover 750 mil imigrantes ilegais – número que se acredita existir hoje na Grã-Bretanha.

Atualmente são deportados 30 mil ilegais por ano. Apesar dos dados, o ministério de imigração britânico e o Home Office vêm, cada vez mais, dificultando a entrada de imigrantes não-europeus no Reino Unido.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s